Sábado, 15 de julho – Desenvolvimento do caráter

Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito. Romanos 8:1, ARC

A verdadeira educação não desconhece o valor dos conhecimentos científicos ou habilidades literárias; mas, acima da instrução, aprecia a capacidade; acima da capacidade, a bondade; acima das aptidões intelectuais, o caráter. O mundo não necessita tanto de homens e mulheres de grande intelecto, quanto de nobre caráter. Precisa de homens e mulheres cuja habilidade seja dirigida por princípios firmes.

“A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria.” “A língua dos sábios adorna a sabedoria” (Pv 4:7; 15:2, ARC). A verdadeira educação transmite a sabedoria. Ensina o melhor uso não somente de uma, mas de todas as nossas energias e habilidades. Assim abrange todo o ciclo das obrigações: para com nós mesmos, para com o mundo, e para com Deus.

A formação do caráter é a obra mais importante que já foi confiada a seres humanos; e nunca no passado foi seu cuidadoso estudo tão importante como hoje. Jamais qualquer geração prévia teve de enfrentar aflições tão intensas; nunca antes rapazes e moças foram confrontados por perigos tão grandes como hoje.

Qual é a tendência da educação dada atualmente? Qual é o objetivo para o qual se apela mais frequentemente? – O proveito próprio. Grande parte dessa educação é uma perversão desse nome. Na verdadeira educação, a ambição egoísta, a avidez do poder, a desconsideração pelos direitos e necessidades da humanidade, coisas que são uma maldição para o nosso mundo, encontram uma influência contrária. O plano de vida estabelecido por Deus tem um lugar para cada ser humano. Cada um deve aperfeiçoar os seus talentos até o ponto máximo; e a fidelidade em fazer isso confere honra à pessoa, sejam muitos ou poucos os seus dons.

No plano divino, não há lugar para a rivalidade egoísta. Os que julgam a si mesmos e se comparam uns com os outros não são sábios (2Co 10:12). O que quer que façamos deve ser feito “segundo o poder que Deus dá” (1Pe 4:11, ARC). […] Preciosos são o serviço efetuado e a educação obtida na prática desses princípios. Como é diferente, porém, grande parte da educação que hoje se dá! Desde os tenros anos da criança, essa educação consiste num apelo à competição e rivalidade. Isso alimenta o egoísmo, que é a raiz de todos os males (Educação, p. 225, 226).

IJB - Atrair, Acolher, Envolver e Comprometer
Categories: Meditações DiáriasTags: , , , ,

Deixe uma resposta