Quinta, 22 de junho – A preparação para o sábado

Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Êxodo 20:8

O Senhor inicia o quarto mandamento com esta expressão: “Lembra-te”. Ele previu que, em meio a cuidados e perplexidades, o ser humano seria tentado a eximir-se da responsabilidade de satisfazer todos os requisitos da lei, ou se esquecer de sua sagrada importância. Por isso, diz: “Lembra-te do dia do sábado, para o santificar” (Êx 20:8).

Durante toda a semana, nós devemos ter o sábado em mente e fazer a preparação indispensável, a fim de observá-lo conforme o mandamento. Não devemos observá-lo simplesmente como uma questão de lei. Devemos compreender suas relações espirituais com todos os negócios da vida. Todos os que considerarem o sábado um sinal entre eles e Deus, revelando que Ele é o Deus que os santifica, representarão os princípios de Seu governo. Praticarão dia a dia os estatutos de Seu reino, orando continuamente a Deus para que a santificação do sábado repouse sobre eles. Cada dia, terão a companhia de Cristo e serão um exemplo de Sua perfeição de caráter. Dia a dia, a luz deles brilhará diante dos outros em boas obras.

Em tudo o que se relaciona com a obra de Deus, as primeiras vitórias devem ser alcançadas na vida doméstica. É aí que deve começar a preparação para o sábado. Durante toda a semana, compete aos pais lembrar que seu lar precisa ser uma escola em que os filhos sejam preparados para o Céu. Sejam justas as suas palavras. Nenhuma palavra que os filhos não possam ouvir deverá proceder de seus lábios. Seja o espírito mantido livre de toda irritação. Durante a semana, os pais devem proceder como estando na presença de Deus, que lhes deu os filhos para serem educados para Ele. A pequena igreja do lar deve ser educada a fim de que, no sábado, esteja preparada para render culto a Deus em Seu santuário. Todas as manhãs e tardes, devemos apresentar nossos filhos a Deus como sua herança remida com sangue, ensinando-lhes que seu principal dever e privilégio é amar e servir a Deus. […]

Quando o sábado é lembrado dessa forma, as coisas materiais não influirão sobre o exercício espiritual de modo a prejudicá-lo. Nenhum dever relacionado com os seis dias anteriores será deixado para o sábado. Durante a semana, teremos o cuidado de não gastar as energias com trabalho físico a ponto de estarmos cansados demais para participar do culto (Testemunhos Para a Igreja, vol. 6, p. 353, 354).

IJB - Atrair, Acolher, Envolver e Comprometer
Categories: Meditações DiáriasTags: , , , ,

Deixe uma resposta