Domingo, 26 de fevereiro – Ele é o Rei da glória

Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó portais eternos, para que entre o Rei da Glória. Salmo 24-7

Chegou o momento de Cristo ascender ao trono do Pai. Estava prestes a vol­tar para as cortes celestiais, como divino vencedor, levando consigo os tro­féus da vitória. […]

Com os onze discípulos, Jesus dirige-Se agora para o monte. Ao passarem pela porta de Jerusalém, muitos olhares curiosos seguem o pequeno grupo, che­fiado por Aquele que, poucas semanas antes, fora condenado pelos principais, e crucificado. […]

Com as mãos estendidas numa bênção, e como numa firme promessa de Seu protetor cuidado, Jesus ascende lentamente dentre eles, atraído para o céu por um poder mais forte que qualquer atração terrestre. […]

Enquanto os discípulos continuam a olhar para cima, ouvem, como música agradável, vozes que se dirigem a eles. Voltam-se e veem dois anjos em forma humana, os quais lhes falam, dizendo: “Galileus, por que vocês estão olhando para o céu? Este mesmo Jesus, que dentre vocês foi elevado ao Céu, voltará da mesma forma como O viram subir” (At 1:11, NVI).

Esses anjos eram do grupo que estivera esperando, em uma nuvem brilhante, para acompanhar Jesus à morada celestial. Os mais exaltados, dentre a multidão angélica, eram os dois que foram ao sepulcro na ressurreição de Cristo e, com Ele, estiveram durante sua vida na Terra. Ardente era o desejo com que o Céu aguar­dava o fim de Sua estada num mundo manchado pela maldição do pecado. […]

Todo o Céu estava esperando para saudar o Salvador à Sua chegada às cor­tes celestiais. Ao ascender, abriu Ele o caminho, e a multidão de cativos libertos à Sua ressurreição O seguiu. A hoste celestial, com brados de alegria e aclamações de louvor e cântico celestial, tomava parte na jubilosa comitiva.

Ao aproximar-se da cidade de Deus, os anjos que compõem o séquito can­tam, como em desafio:

“Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória”! (O Desejado de Todas as Nações, p. 829-833).

ANO BÍBLICO

Deuteronômio 4

Deuteronômio 5

Deuteronômio 6

Deuteronômio 7

 

 

IJB - Atrair, Acolher, Envolver e Comprometer
Categories: Meditações DiáriasTags: , , , ,

Deixe uma resposta