Domingo, 14 de maio – Nenhuma oração se perde

Ó Tu que escutas a oração, a Ti virão todos os homens. Salmo 65:2

O Senhor declara que é honrado por aqueles que a Ele se achegam e O servem fielmente. “Tu, Senhor, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em Ti” (Is 26:3). O braço do Todo-poderoso está estendido para nos conduzir avante e sempre avante. Avançem, diz o Senhor, enviarei socorro a vocês. Peçam tendo em vista a glória de Meu nome e lhes será concedido. Serei honrado diante daqueles que espreitam seu fracasso. Eles verão Minha Palavra triunfar gloriosamente. “E tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis” (Mt 21:22).

Invoquem a Deus todos os que estão em tribulações ou são maltratados. Desviem-se daqueles cujo coração é como o aço, e tornem conhecidas as suas petições ao Criador. Ele jamais repele alguém que a Ele recorre com coração contrito. Nenhuma oração sincera se perde. Em meio aos hinos do coro celestial, Deus ouve o clamor do mais frágil ser humano. Derramamos o desejo de nosso coração em secreto, murmuramos uma oração enquanto seguimos nosso caminho, e nossas palavras atingem o trono do Monarca do universo. Podem não ser audíveis aos ouvidos humanos, porém não podem morrer no silêncio, nem perder-se no tumulto dos afazeres diários. Nada pode sufocar o desejo da pessoa. Alça-se sobre o barulho das ruas e a confusão da multidão, às cortes celestiais. É a Deus que falamos e nossa oração é atendida.

Você que se sente o mais indigno, não tema confiar seu caso a Deus. Quando  entregou a Si mesmo em Cristo pelos pecados do mundo, Ele assumiu o caso de todo pecador. “Aquele que não poupou o Seu próprio Filho, antes, por todos nós O entregou, porventura, não nos dará graciosamente com Ele todas as coisas?” (Rm 8:32). Não cumprirá Ele a graciosa palavra que nos deu para nos animar e fortalecer?

Cristo nada mais anela que redimir Sua herança do domínio de Satanás. No entanto, antes de sermos libertos, exteriormente, do poder de Satanás, precisamos ser redimidos, interiormente, de seu poder. […]

É impossível ao Senhor desprezar as orações de Seu povo. O perigo está em que desanimem na tentação e na prova, e deixem de perseverar em oração (Parábolas de Jesus, p. 173-175).

IJB - Atrair, Acolher, Envolver e Comprometer
Categories: Meditações DiáriasTags: , , , ,

Deixe uma resposta